Quero vender minha empresa. E agora?

Em momentos de crise é normal que muitos empresários pensem em vender seus negócios e tenham dúvidas sobre como vender sua empresa de forma segura.

São vários os motivos que fazem o empresário pensar assim:

  • vontade de se aposentar;
  • estresse com funcionários;
  • cansaço e falta de capacidade para administrar o negócio;
  • falta de tempo pra conviver com a família e/ou amigos;
  • ausência de sucessores;
  • problemas com sócios;
  • problemas financeiros;
  • novas prioridades;
  • etc.

Com todos esses motivos, você passa a ter o desejo de vender sua empresa e é normal que neste momento surjam muitas dúvidas:

  • Será que é possível vender minha empresa?
  • Será que pode ter alguém interessado em comprar a minha empresa?
  • Quanto vale minha empresa?
  • Como devo divulgar a venda da minha empresa?
  • Como vender minha empresa com segurança?

Para tratar de todas essas questões e ajudar o empresário a encontrar as respostas, é importante buscar a orientação de um especialista em venda de empresas (também conhecido como agente de negócios) para que ele conduza o processo com segurança e cuide de todos os detalhes da venda.

Assim, você pode se dedicar ao dia a dia do negócio deixando que a venda da empresa seja tocada por quem entende do assunto. Na Monteiro de Siqueira, orientamos e assessoramos nossos clientes para que a venda ocorra da forma mais tranquila e transparente possível, segura tanto para quem vende quanto para quem compra.

 

AS ETAPAS DO PROCESSO DE VENDA DE UMA EMPRESA

Etapas

Independente do tamanho da sua empresa, o processo da venda obedece sempre cinco etapas principais.

 

PASSO 1: Alinhamento de expectativas

MS - etapa 1.jpg

O processo de venda de uma empresa começa com uma reunião inicial onde são identificadas as expectativas que o empresário tem com a venda da empresa.

  • Qual preço pretende pelo negócio
  • Em quanto tempo pretende vender
  • Qual o motivo da venda e quem pode ser o potencial comprador da sua empresa.

Essas informações são muito importantes, pois dirão direcionar todos os esforços de venda.

 

PASSO 2: Levantamento das Informações da Empresa

Tax inspector investigating financial documents through magnifyi

Após a reunião inicial,  é feito o levantamento das informações da empresa: faturamento, despesas, lucro e patrimônio. Essas informações são muito importantes para definição do valor da empresa e consequentemente, atribuir o preço de venda. Nem sempre o preço pretendido corresponde ao valor real da empresa. Todas essas informações são resguardadas, utilizadas apenas para este fim.

Com o preço de venda definido e acordado, o processo de oferta tem início: os materiais de divulgação são desenvolvidos, os meios são escolhidos,  sem que o nome da empresa seja revelado.

 

PASSO 3: Início da Divulgação da Oportunidade

Megaphone.

Com a oferta no ar, começam a surgir os interessados no negócio. Reuniões (na maioria das vezes presenciais) são agendadas para apresentação da oferta. Mediante compromisso de confidencialidade entre os envolvidos, detalhes sobre a empresa à venda e o negócio são apresentados.

Toda a divulgação da oferta, a captação de prospects (interessados), o agendamento de reuniões, a apresentação, a negociação e finalização da proposta de compra é conduzida pelo agente de negócios, que com sua experiência garantirá maior segurança no processo tanto para quem compra para quem vende.

 

PASSO 4: Transição

Cropped hand of businessman passing relay baton to colleague

Após negociação conduzida pelo agente de negócios e o entendimento entre as partes, quanto ao valor e forma de pagamento, acontecem as etapas da auditoria, transição e treinamento.

 

PASSO 5: Finalização do Processo – a troca de comando.

Business people shaking hands. Finishing up meeting.

A posse da empresa pelo novo proprietário finaliza a etapa de transição. A troca de comando é realizada em conjunto com o comprador e o vendedor,  conduzida pelo agente de negócio e formalizada com a assinatura do contrato de compra e venda.

 

Através dessa metodologia, conseguimos proporcionar SEGURANÇA para quem compra e quem vende uma empresa, independente do seu tamanho, seja ela micro, pequena ou média empresa.

 

Você está pensando em vender sua empresa? Tem alguma dúvida?

Entre em contato, faça sua pergunta. Eu, Felipe Monteiro de Siqueira responderei e posso ajudar a vender a sua empresa com segurança e confiabilidade.

 

Por Felipe Monteiro de Siqueira, administrador de empresas e diretor da Monteiro de Siqueira Business Brokers, de Florianópolis.

 

Anúncios

Como uma consultoria especializada faz a diferença no momento da venda da empresa

A venda de uma empresa não ocorre por acaso e não basta apenas o desejo do empresário em fazer um bom negócio. O processo é mais amplo, envolve uma série de fatores e o caminho para obter o resultado esperado passa justamente pela compreensão da importância de cada um deles. Por isso, o trabalho de consultorias especializadas como a Monteiro de Siqueira ganha cada vez mais relevância e faz a diferença na negociação.

O trabalho da consultoria não se resume apenas a uma etapa da venda. Não é somente, por exemplo, para conferir o contrato e dar o ok no negócio. O consultor participa de todo o processo e assim ajuda o empresário vendedor a superar as principais dificuldades relacionadas à venda de uma empresa, com destaque para a preparação da empresa para venda e da busca ativa de potenciais compradores com a abordagem correta visando a concretização do negócio.

Na lista das principais atividades executadas pela consultoria especializa na compra e venda de empresas está o levantamento de informações econômicas, financeiras e operacionais da empresa. É a consultoria também que irá definir o preço de venda do negócio, produzir o prospecto comercial para apresentação da empresa à venda e preparar uma lista de potenciais compradores.

Outro ponto importante na venda de uma empresa que também fica sob a responsabilidade da consultoria é a definição das estratégias de negociação. O consultor faz ainda checagens junto aos potenciais compradores para evitar a ação de especuladores. Por fim, quando a negociação parte para o seu fechamento, é ele quem auxilia o empresário com toda a documentação necessária para formalização da venda da empresa.

O que saber para contratar uma consultoria

A contratação de uma consultoria para cuidar da venda da empresa também possibilita que o empresário fique focado na gestão do dia a dia do negócio. Assim, protege a empresa da ação de curiosos e especuladores, além de manter o negócio funcionando a pleno vapor já que o empresário estará se dedicando exclusivamente a gestão de seu negócio enquanto a consultoria fica dedicada exclusivamente ao processo de venda.

Não faltam motivos, portanto, para que a escolha da consultoria que irá ajudar na venda da sua empresa seja feita com muita atenção. Lembre-se, como destacado acima, que este é um trabalho especializado, realizado por profissionais experientes e com conhecimento de todo o processo de compra e venda de empresas. É importante identificar a maneira como o consultor atua, se o método de trabalho dele é bem estruturado, coerente e de fácil assimilação.

A experiência da consultoria na venda de empresas de um mesmo ramo pode influenciar na contratação dos serviços, mas não é isso que fará a diferença. Pode até facilitar pelo fato de já ter conhecimento do ramo de atividade, mas o importante é conhecer em detalhes o método de trabalho adotado pela consultoria e seus resultados na prática.

Quer saber mais sobre como é o trabalho de uma consultoria para vender sua empresa? Venha conhecer o método de trabalho da Monteiro de Siqueira.

Como obter uma boa proposta para a venda de sua empresa

É importante que o empresário tenha em mente que para vender sua empresa será necessário planejamento, trabalho e paciência. Antes de ir ao mercado buscar o comprador é fundamental que entre em contato com um agente de negócios para que seja realizado um trabalho no sentido de preparar a empresa para venda. A partir disso, serão realizados levantamentos financeiros e patrimoniais com o objetivo de se chegar a um valor para a venda do negócio.

Com a avaliação realizada e o preço para venda do negócio definido é o momento de se iniciar o processo de captação e mapeamento dos potenciais compradores. Nesta etapa, é importante que seja observada a confidencialidade da informação do nome da empresa que está a venda. O ideal é que seja apresentada ao mercado por meio de um “teaser”. Ou seja, é divulgado apenas um prospecto resumido com algumas informações acerca da empresa, seus principais indicadores financeiros e suas características operacionais. O nome só deve ser apresentado mediante interesse prévio do candidato a compra.

Durante o processo de venda de uma empresa é necessário que o proprietário mantenha-se focado na gestão do negócio da empresa a fim de manter o nível de excelência na gestão do negócio e a geração de caixa nos níveis normais que a empresa historicamente possui. É necessário também ao empresário que pretende vender seu negócio que tenha paciência. O motivo para isso é que muitas vezes a venda de uma empresa pode se estender por vários meses, além do processo de negociação que tende a ser desgastante.

Durante a negociação ainda é importante que as partes não se vejam como inimigas e nem a negociação como um jogo, onde um ganha e outro perde. A negociação deve ser um processo de cooperação e construção conjunta de um acordo em que ambas as partes deverão ceder em alguns pontos e flexibilizar em outros para a obtenção do acordo final.

Saiba como a Monteiro de Siqueira pode ajudar no processo de venda da sua empresa. Fale conosco!

 

 

Como vender sua empresa para um grande grupo – Parte 2

As grandes empresas, quando fazem uma aquisição, executam um estudo meticuloso sobre o negócio a ser comprado. Ao analisar a compra de outra empresa, por exemplo, elas são muito exigentes em relação à transparência das informações e aos resultados que podem obter com a aquisição. Por outro lado, quem vende a empresa para um grande grupo também pode contar com transparência e seriedade na hora da negociação, além da garantia de que a venda será executada e o pagamento será feito.

Mas para que uma grande empresa saiba que a sua empresa está à venda, é preciso informar a essas grandes organizações que determinada oportunidade de aquisição está disponível no mercado. E a melhor forma de fazer isso é contratar um agente de negócios. Esse profissional fará o plano de venda da empresa, que conterá, entre outras informações, a lista de potenciais compradores que deverão ser abordados para propor o negócio.

O processo de busca pelo comprador se dará por meio de diversas reuniões com os grandes investidores identificados no plano de venda. O objetivo das reuniões é apresentar a empresa que está à venda e expor as vantagens e os benefícios que os investidores terão ao realizar a aquisição.

Nesses encontros, o agente de negócios expõe, de forma resumida, alguns dados a respeito da empresa que está à venda. Entre eles está o diagnóstico do negócio, que aborda as áreas comercial, administrativa/financeira, operacional, gerencial, mercadológica, de recursos humanos, jurídica e contábil/fiscal da empresa. O agente também apresenta indicadores financeiros e de performance da empresa e as perspectivas de futuro que foram previamente apontadas no plano de negócios. É a partir dessas informações que os grandes grupos iniciam o processo de análise da compra de uma empresa, seja qual for o tamanho dela.

Vender a empresa para um grande grupo pode ser um excelente negócio. Mas na hora de chegar até esses exigentes compradores e fazer todo o trabalho prévio necessário para a venda, o agente de negócios é quem trilha o caminho das pedras. Ele é o profissional mais preparado para expor a empresa em sua melhor forma na vitrine dos grandes negócios.

 

Você quer mais informações sobre esse assunto? Solicite uma consultoria gratuita clicando aqui.

Escrito por Felipe Monteiro de Siqueira, administrador de empresas e diretor da Monteiro de Siqueira Business Brokers, de Florianópolis.

Como vender sua empresa para um grande grupo – Parte 1

como vender empresa

Todos nós empresários temos o sonho de ver nosso negócio expandir, ganhar o mundo e ser um sucesso. É como um filho em que colocamos o nosso melhor e aplicamos nosso talento para que o negócio se desenvolva e cresça. Muitos empresários sonham em ver seus empreendimentos ficarem grandes a ponto de competir com grandes empresas.

Porém, inúmeras dificuldades tornam essa tarefa quase impossível. O que ocorre, muitas vezes, é o interesse da grande empresa em adquirir a menor. Mas como isso ocorre? O que é preciso fazer para chamar a atenção de uma grande empresa?

Para entender como e por que uma grande empresa pode querer comprar o seu negócio, é preciso conhecer os principais motivos que levam os grandes grupos a fazerem aquisições. Eles são vários – vamos destacar os mais relevantes.

Uma das principais razões é o aumento do retorno para os acionistas. Ou seja: uma grande empresa só adquire outra quando entende que é possível ganhar muito dinheiro nessa transação. Outros motivos importantes são expansão de mercado, ampliação da carteira de clientes, ampliação de portfólio, aumento da capacidade gerencial (know-how), acesso a novas tecnologias (know-how) que impulsionem o crescimento da empresa, ganho de eficiência, otimização de recursos, incorporação de produtos, entre outros.

Mas o que é preciso fazer para que uma grande empresa enxergue a oportunidade de adquirir o seu negócio? É preciso, primeiramente, fazer o dever de casa. Em outras palavras, deixar a empresa organizada e preparada para ser vendida. Para isso, é preciso cumprir várias tarefas que terão o objetivo final de maximizar o valor da empresa.

Para um melhor entendimento, vamos dividir essas tarefas em quatro áreas: Diagnóstico administrativo e comercial, Diagnóstico e auditoria financeira e contábil, Diagnóstico e auditoria jurídica e Plano de negócios para os próximos cinco anos. Depois de levantados esses dados, será produzido um dossiê com a situação da empresa e suas potencialidades. E são essas potencialidades, principalmente, que atraem os grandes grupos. No próximo texto, vamos falar sobre como funciona a abordagem com os grandes grupos e como a venda acontece.

 

Você quer mais informações sobre esse assunto? Solicite uma consultoria gratuita clicando aqui.

Escrito por Felipe Monteiro de Siqueira, administrador de empresas e diretor da Monteiro de Siqueira Business Brokers, de Florianópolis.

Agente de negócios, o melhor amigo de quem compra uma empresa

agente de negócios

Entrar no mundo dos negócios e comprar uma empresa não é tão simples quanto parece. Um empreendimento aparentemente sólido pode esconder armadilhas que se revelam apenas mais adiante, quando já é tarde demais para desistir da compra. É por isso que, nessas horas, contar com a parceria de um agente de negócios faz toda a diferença.

O consultor ou agente de negócios é o melhor guia para conduzir os passos de quem deseja adquirir uma empresa. Agindo como um “escudeiro”, ele trabalha para garantir que o negócio será seguro e vantajoso para seu cliente. Esse profissional é o mais capacitado para auxiliar na verificação da situação financeira e legal da empresa, supervisionar todas as auditorias necessárias na transação e até mesmo orientar na escolha do negócio que melhor se encaixa ao perfil do comprador.

Além de auxiliar na verificação da parte legal e financeira, o agente de negócios faz a estruturação do processo de compra, atuando no passo a passo junto à negociação e na definição da melhor estratégia para a aquisição. O objetivo ao definir essa estratégia é otimizar o capital do comprador, maximizando o retorno financeiro do negócio e minimizando os riscos envolvidos na transação.

Esse trabalho de parceria ainda pode oferecer outros benefícios para o comprador. Na Monteiro de Siqueira, um dos métodos adotados nas negociações que amplia consideravelmente a possibilidade de sucesso do empreendimento é o treinamento que o vendedor faz com o comprador. Nesse momento, o comprador tem acesso às operações e aos processos gerenciais da empresa, o que auxilia e simplifica a gestão do dia-a-dia do negócio. O período de treinamento é combinado de acordo com as necessidades e a disponibilidade dos envolvidos.

Outra vantagem é a possibilidade de financiar a empresa diretamente com o antigo proprietário, parcelando a despesa por um prazo mais extenso. A Monteiro de Siqueira oferece um método de pagamento em que uma parte do valor da empresa pode ser financiada pelo proprietário do negócio ao comprador, com prazos e formas de pagamento negociados entre as duas partes. Essa forma de fazer negócio possibilita ao comprador um menor desembolso à vista e mantém o vendedor interessado no sucesso da empresa depois da venda.

Em resumo, não é preciso ser especialista em negócios e nem entender profundamente de finanças e direito para adquirir uma boa empresa e fazer um negócio seguro. Basta contar com os profissionais certos, que orientarão o comprador nos primeiros passos para o caminho do sucesso.

 

Você quer mais informações sobre compra de empresas? Solicite uma consultoria gratuita clicando aqui.

Escrito por Felipe Monteiro de Siqueira, administrador de empresas e diretor da Monteiro de Siqueira Business Brokers, de Florianópolis.

Quero comprar uma empresa – o que devo fazer?

compra e venda de empresa

Empresa à venda nem sempre significa empresa com problema. Um grande número de negócios disponíveis hoje no mercado encontra-se em situação financeira saudável e está à venda por diversos motivos. É claro que, nesse grupo, há empresas com problemas de caixa ou gestão, mas essas geralmente são compradas por empresários acostumados a adquirir empreendimentos em dificuldade, recuperá-los e revendê-los com um lucro expressivo na operação.

Mas como fazer para identificar o melhor negócio? Em primeiro lugar, o empresário precisa descobrir com qual ramo de atividade ele tem mais identificação e se sente melhor ambientado trabalhando. Gostar do que faz é o ponto mais importante a ser observado. Também é preciso analisar o mercado em que a empresa atua. É importante que ele esteja consolidado e tenha perspectiva positiva.

Definidas essas questões, o empresário deve realizar um levantamento informal para compreender se o tamanho da empresa que será adquirida está de acordo com sua capacidade de gestão e dedicação para o negócio. Além do tamanho, é importante observar a disponibilidade de capital que o empresário possui para a aquisição, para evitar dar o passo maior que a perna assumindo compromissos ou pagamentos futuros que não podem ser saldados.

Escolhida a empresa, é preciso verificar se ela está endividada. O comprador deve solicitar as certidões negativas de tributos federais, estaduais e municipais, verificar a existência de débitos ocultos e a validade de alvarás e autorizações de funcionamento. Relações contratuais, como aluguéis, fornecedores e clientes, também devem ser averiguadas. A empresa deve passar por uma auditoria financeira e contábil que irá verificar a veracidade dos números apresentados pelo proprietário e garantir que o negócio está com boa saúde financeira. Também é importante que se faça uma due dilligence jurídica para checar a existência de passivos ocultos ou riscos para o negócio.

Considerando a importância de cada uma dessas etapas para a segurança de quem vai investir, o caminho mais tranquilo é contar com profissionais especializados em compra e venda de empresas, que se encarregarão de proteger o comprador de qualquer problema ligado ao negócio. Se você tem interesse em adquirir uma empresa, mas tem dúvidas sobre qual caminho seguir, fale com um agente de negócios, que poderá orientá-lo da melhor forma em todas as fases da transação.

Você quer mais informações sobre compra de empresas? Solicite uma consultoria gratuita clicando aqui.

Escrito por Felipe Monteiro de Siqueira, administrador de empresas e diretor da Monteiro de Siqueira Business Brokers, de Florianópolis.